Viagens de trem a vapor podem parecer coisa do passado. Entretanto, esse modal de transporte ainda é muito utilizado, e seu charme histórico angariou muitos fãs, que até hoje buscam novas rotas de trem a vapor para se deliciar. 

Dentro desse contexto, hoje trouxemos algumas rotas de trem a vapor para ser inspiração para lindos projetos de ferromodelismo. Além disso, falaremos um pouco da história dos trens. 

História do trem a vapor

Também conhecido como comboio, o trem a vapor é definido como um transporte ferroviário. Sua constituição é composta de vários vagões unidos entre si, que em cima de um trilho, se locomovem juntos. Sendo assim, o comboio pode transportar pessoas ou cargas, independente da distância. E existem vários tipos de vagões em ferromodelismo para ilustrar diversas composições de trens..

É válido salientar que para o trem a vapor se movimentar é preciso de uma unidade automotora, movida a vapor, que alimenta o trem com tração e força para todo o sistema se mexer. 

Toda essa ideia de que tornou a construção dos trens a vapor possível surgiu lá na Revolução Industrial. Naquela época é extremamente necessário a construção de algum meio de transporte que pudesse levar a matéria prima até as fábricas. Entretanto, esse meio deveria fazer o percurso de forma rápida e sem perdas no conteúdo. Esse detalhe era muito importante visto que as fábricas ficavam distantes dos locais de extração de matéria prima. 

Entretanto, durante a história os trens não só transportavam matéria prima, como também transportavam pessoas. Esse transporte se tornou relevante durante a Primeira e Segunda Guerra Mundial. 

De lá pra cá os trens sofreram grandes modificações, tornando-se mais específico para cada função, e foram divididos em categorias. Atualmente, podemos classificar os trens em três eixos: 

Trem de mercadorias/cargas: composto de vários vagões que circulam vazios ou carregados. 

Trem de passageiros: como o próprio nome já denuncia, essa modalidade tem como função o transporte de pessoas. Para isso, os seus vagões, normalmente, possuem mais conforto, com assentos e climatizadores. 

Trem misto: composto por vagões que transportam pessoas e outro que transporta cargas. 

Rotas de trem a vapor 

Aqui no Brasil, os trens começaram a circular em 1854, em um percurso que ligava a Baía de Guanabara a Petrópolis. De lá pra cá os trens tornaram-se atração turística, e normalmente toda cidade do interior tem um monumento a Maria Fumaça para contar a história. 

Além das Marias Fumaças, outra atração turística que envolve os trens a vapor são os passeios de trem. Hoje falaremos de algumas rotas de passeios de trem a vapor aqui no Brasil.

1. Serra do Mar 

trem a vapor Serra do Mar Curitiba Morretes

Uma tour que pode ser feita aqui no Brasil, mais precisamente no Paraná, é a rota entre as estações de trem a vapor de Curitiba e Morretes. Conhecida como a rota Serra do Mar, a estrada de ferro ficou famosa graças a sua primeira passageira em 1884, Princesa Isabel. 

O trajeto é composto de 68 quilômetros, e dura em torno de quatro horas e quinze minutos. O pacote da viagem inclui lanche, serviço de bordo e guia local. Todo o passeio é realizado pela companhia Serra Verde Express, que oferece também extensão de viagem que inclui um jantar romântico. 

Durante todo o trajeto, os passageiros verão 13 túneis e 41 pontes, tais como São João, com 55 metros de altura, o Viaduto de Carvalho, e o túnel da roça Nova, com impressionantes 457 metros de comprimento e 956,63 metros acima do nível do mar. 

2. Trem do Vinho 

trem a vapor trem do vinho

Localizada na Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul, a rota do Trem do Vinho é realizada pela empresa Giordani Turismo, desde 1992. A partir dessa viagem é possível passear pelos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. 

Mas não é só de paisagem que essa viagem é composta. Há também, dentro do trem a vapor, a possibilidade de uma experiência gastronômica. Além disso, há também teatro, coro italiano, show gaúcho, degustação de bebidas alcoólicas e não alcoólicas. 

O percurso todo dura duas horas e é um excelente passeio para quem deseja conhecer a história e cultura da região. 

3. São João Del-Rei 

trem a vapor São João Del-Rei

Localizado em Minas Gerais, o passeio de trem a vapor entre Minas Gerais e a cidade de São João del Rei é uma ótima pedida para conhecer um pouco da história brasileira. 

O contexto histórico da viagem começa a partir do Museu Ferroviário. A partir de lá você percorrerá doze quilômetros, e passará pela antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas, inaugurada em 1881. Além disso, é possível avistar fazendas, sítios e o paredão da Serra de São José, até chegarem a São João del Rei, cidade histórica da região. 

4. Vitória a Minas 

trem a vapor Vitória a Minas

A ponte entre Belo Horizonte e Vitória, a Estrada de Ferro Vitória a Minas é palco diário de inúmeras viagens. Embora cotidianamente a linha deixa passageiros em trechos mais curtos, é possível fazer um passeio histórico perpassando as duas cidades. 

Caso opte pelo passeio turístico você passará treze horas no trem, onde poderá ver a mata da Serra do Caraça, fazendas, o Vale do Rio Doce, dentre outras paisagens. O trem é equipado com lanchonete e restaurante. 

5. Ouro Preto a Mariana 

trem a vapor Ouro Preto a Mariana

Localizada em Ouro Preto, o percurso que interliga Ouro Preto a Mariana é composto de dezoito quilômetros. Sendo esse passeio o mais curto, dentre os passeios listados aqui, a rota dura 1 hora e é realizada pelo Trem da Vale que percorre uma ferrovia construída em 1883. 

Durante a rota é possível ver vales, túneis, cachoeiras, paredões de pedras e demais cenários que compõem a paisagem mineira. 

Conclusão 

A história do trem a vapor é algo fascinante, visto que essa modalidade de transporte perpassou diversos anos e ainda continua sendo utilizada, seja para transporte de cargas, seja para o turismo e seja para o transporte diário de pessoas. 

Dentro do contexto do turismo, é possível visitar várias cidades e ter contato com a história do Brasil a partir da perspectiva do trem. Por isso, vale a pena investir nesses passeios históricos, principalmente no Brasil.Agora que você descobriu várias rotas para se inspirar, já pode escolher os itens de ferromodelismo que mais ilustram seu passeio favorito. E ainda toda a decoração do trajeto, como pessoas, miniaturas de estações de trem, postes Frateschi, e tudo mais, você encontra na melhor loja de hobby modelismo e colecionáveis, Lima Hobbies!