Quem lida com plastimodelismo também precisa tomar decisões importantes sobre a cor da tinta que utilizará em seus modelos. Esse é um passo importante para customizar completamente o seu diorama e ter a cena que você imaginou na sua cabeça.

No entanto, você já teve dúvidas em relação à escolha do material de pintura para aeronaves? Será que a cor branca é melhor do que a preta? Por que será? Essa é uma questão que vai além da estética, podendo influenciar na forma como os aviões de verdade funcionam.

Além disso, se você deseja reproduzir cenas reais com fidelidade, precisa aprender sobre o impacto que a escolha do material de pintura causa nas suas aeronaves. Escolher entre o preto e o branco é um passo importante para compor o seu diorama.

Por que as aeronaves raramente usam preto?

Para falar da escolha de material de pintura para aeronaves, antes disso precisamos entender como as cores reagem à luminosidade. Em um lado do espectro das cores, temos o branco, que reúne dentro de si todas as demais cores e não absorve nenhuma.

Por outro lado, o preto consiste na ausência de cor, então, consegue absorver todas elas. No entanto, quando falamos dessa absorção, também nos referimos ao calor.

Dessa forma, um objeto da cor preta também absorve mais calor do que aqueles de cores mais claras. Uma aeronave preta, portanto, iria absorver mais calor e esquentar mais a sua estrutura. Isso faz com que ela precise gastar mais combustível para resfriar a sua fuselagem.

Tendo essa informação em mente, fica nítido o motivo pelo qual as aeronaves raramente usam a cor preta. Afinal, é um gasto adicional de combustível com o qual muitas empresas não querem arcar.

É melhor pintar as aeronaves com a cor branca?

Considerando que a cor branca está na outra ponta do espectro, ela é a que menos absorve calor. Dessa forma, caba sendo a melhor opção de pintura para aeronaves terem um gasto de combustível mais otimizado, além de ter a sua vida útil estendida.

É claro que existem aeronaves de todas as cores, algumas delas até contendo a cor preta. No entanto, essa é uma escolha que causa um impacto no consumo de combustível dela e deve ser cuidadosamente avaliada.

Essa escolha também influencia nas decisões de quem é entusiasta de plastimodelismo. As máquinas em miniatura devem sempre reproduzir a realidade, então, suas cores também precisam corresponder às que as suas versões maiores exibem.

Qual cor escolher para pintar no plastimodelismo?

Quando você mantém uma boa coleção de peças de plastimodelismo, é natural que queira personalizar a pintura de suas aeronaves. Há também a possibilidade de você querer passar uma mão de tinta para restaurar alguma peça de suas miniaturas.

Nesses casos, é importante escolher o material para pintura ideal. Como você aprendeu até aqui, cores mais claras tendem a absorver menos calor e são mais usadas pelas aeronaves de verdade. Por conta disso, são mais indicadas para o plastimodelismo, também.

Porém, nada impede que você escolha cores mais escuras. Dê asas à sua imaginação e se desprenda das limitações do mundo real para personalizar as suas peças da maneira que desejar. Existem ótimas opções de tintas para plastimodelismo com todas as cores.

Como você viu, o debate entre preto e branco em relação ao material de pintura para plastimodelismo está baseado no realismo. Por conta da menor absorção de calor, a cor branca costuma ser mais utilizada na maioria das aeronaves. Você pode se inspirar nessa característica para passar uma mão de tinta em suas peças e deixá-las com cara de novas.

Está em busca de um bom lugar para adquirir material de pintura para plastimodelismo? Acesse a Lima Hobbies e confira a seção dedicada a tintas.